sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Graça Para Nós Livrar Deste Mundo Perverso


Graça e paz da parte de Deus Pai e da do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo pelos nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus, nosso Pai” (Gl 1:3-4).

Não há nenhuma pratica religiosa capaz de nos livrar deste mundo perverso! É claro que muitos crêem e até tem varias praticas religiosas e assim pensam estar livres mediante suas praticas. Porém chegam a um ponto de exaustão, em um determinado lugar de sua caminhada, não estou aqui amaldiçoando ninguém, mas escrevendo sobre a realidade da caminha cristã normal. Precisamos andar na fé e por meio da fé em Jesus Cristo e não por meio da fé em praticas religiosas, ainda que elas sejam bíblicas. Portanto, abandonem a velha natureza de vocês, que os fazia viver uma vida de pecados (para muitos não é mais roubar, matar, mentir, etc.; mas pode ser uma pratica até bíblica, mas religiosa)  e que estava sendo destruída pelos seus desejos enganosos (Ef 4:22). A nossa velha natureza nos impele a FAZER para conquistar, invalidando através das praticas bíblicas a sua eficácia! É muito simples não estou dizendo que não devemos orar, ler a palavra, jejuar, adorar e etc., porque essas são praticas bíblicas e portanto corretas e fazem parte da nossa caminhada cristã, pois o caminho realmente é estreito. Enganam-se aqueles que pensam que pelo simples fato de estar orando estão andando no Espírito porque você pode se orgulhar de ser um homem de oração. Esta pratica poderá prender você a este mundo perverso, ainda que você esteja orando a palavra, se a base dessa oração for os seus desejos, ou seja, se a fonte ainda for o seu entendimento você corre o risco de não estar sobre a inspiração da Mente de Cristo. Precisa ficar claro que nossa a nossa velha natureza estava sendo destruída pelos seus desejos, embora os desejos sejam a causa do evangelho e não há causa mais nobre que o evangelho. O processo vai mais além do que pensamos “É preciso que o coração e a mente de vocês sejam completamente renovados” (Ef 4:23) escreveu o apostolo. A partir do Espírito a mente será completamente renovada! “SABE, porém, isto; que, nos últimos dias, sobrevirão tempos trabalhosos; Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” (2Tm 3:1-5) A teoria da evolução diz que estamos em constante transformações, embora ela tenha pontos falhos e não seja bíblica, ela fala da capacidade natural do ser humano de se transformar e não podemos ignorar satanás e os seus ardis (2Co 2:11). Também disse Jesus: “como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim”. Talvez você esteja agora mesmo pensando ou até falando isto não tem nada a ver comigo, nasci de novo, não me encaixo nesta lista! Bom então o homem sou “EU”! EU tenho todos estes males que até aqui estavam me enganando, porém pelo Espírito meus olhos foram abertos neste instante! E pude entender: é por isso que há alguns anos venho me afastando de mim mesmo ORANDO NO ESPÍRITO, FALANDO NAS NOVAS LÍNGUAS. Porque primeiro precisamos passar pelo processo de mortificação, para então passarmos a andar no poder e neste tempo não dar lugar ao diabo (Ef 4:27) e só depois olhando por si mesmo estará anda no Espírito. Porque como disse o Carlos batera: “o Covarde acusara o próximo, o Corajoso aceitara a acusação do próximo, mas o Sábio se escondera em Deus”. Então vos escrevo receba o conselho da sabedoria e se esconda em Deus e mesmo desprezado por muitos o sábio ali ficara orando no Espírito e meditando na palavra que ouviu da boca de Deus e dela ele vivera e será servido pelos anjos, mesmo vivendo dentro de um corpo perverso, andando em um deserto perverso ‘este presente século’ e sendo tentado pelos seus próprios desejos. Dessa forma criara a condição de Isaias 40 “fazer um caminho reto no deserto” e desfrutara de suas promessas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário